in

Jovem causa ao usar roupas curtas em condomínio e recebe carta ameaçadora; assunto vira caso de polícia

Você já andou na rua com medo de assédio, ou do que vão falar da sua roupa, por não estarem de acordo com o que a maioria da sociedade pensa?

Estamos no século XXI onde as pessoas têm todo direito de se vestirem da maneira e como bem entenderem apropriadas para si, sem julgamentos de pessoas alheias, mas para essa moça foi diferente.

Com Ana Paula Benatti, de 22 anos, aconteceu algo bem parecido, ela estava caminhando no condomínio para onde se mudou em Iguatemi na cidade de Maringá/PR, e quando chega em casa vê um envelope preto.

Ana Paula estava morando no seu apartamento havia menos de uma semana, pois se mudou para este no dia 01 de maio, e achou que o envelope fosse de boas vindas, ou de sua mudança, mas o que ela encontrou não a agradou nem um pouco.

Ao abrir, a moça se depara com um bilhete de seu vizinho escrito à mão dizendo que ele estava com vergonha por causa de suas roupas curtas, e que sendo homem e pai de família não se sentia bem em caminhar ou sair com sua filha pequena pelo condomínio.

Veja a carta na próxima página!