Switch to the dark mode that's kinder on your eyes at night time.

Switch to the light mode that's kinder on your eyes at day time.

Switch to the dark mode that's kinder on your eyes at night time.

Switch to the light mode that's kinder on your eyes at day time.

Lembra da torcedora que gritou ‘macaco’? A vida dela foi bem dura após este episódio

Se você é um fã de futebol ou pelo menos acompanha as notícias do cenário nacional, deve se lembrar dos casos de racismo registrados contra o time do Santos pela torcida do grêmio em 2014.

Patrícia Moreira foi uma das torcedoras acusadas pelo Santos de incitar o racismo contra o seu goleiro durante a partida. 

O jogo estava acontecendo na casa do Grêmio, em Porto Alegre, que recebia o time do Santos, quando em um dado momento alguns membros da torcida gremista começaram a gritar intensas palavras racistas ao então goleiro do time adversário na época, Aranha.

Mesmo que o lamentável ocorrido tenha acontecido cerca de 6 anos, vez ou outra é relembrado nos noticiários como o Fantástico. 

08eDNXbsTY828vWD7M6gKh4 ePgGWgolLkGXqTVvfYSYhlg6V9G1 pZ1W53fPHrFg6QI3DQ4QugjXJElh5sDnP7DSt4K7KfDBAnD7nhI 5GUaUZ8gDOMv3ZnoujeMRS6CWtwSzyh

Em um vídeo gravado durante o jogo, podemos ver claramente o momento em que Patrícia abre sua boca e grita com intensidade a palavra ‘macaco’, referindo-se ao goleiro Aranha, um homem preto. 

Back to Top
Close